Guerra às drogas e a manutenção da hierarquia racial

Código: 978-85-9530-206-8 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Se a guerra é contra as drogas, por que a letalidade dessa guerra se mostra esmagadoramente maior com relação às pessoas negras? Por que os negros representam grande parte das pessoas no regime carcerário brasileiro?

Este livro problematiza a política “proibicionista” sobre drogas brasileira assumindo que não é possível fazer uma análise sobre a guerra às drogas sem falar da escravidão, expropriação, desigualdade social, racismo estrutural e o ódio de classes.


“Então pode-se afirmar que este em marcha um projeto societário de anulamento e extermínio da população negra? Isso soa um tanto desproporcional em uma sociedade que ainda sequer aceitou que é racista, logo não há divisão racial.

Embora uma questão atordoante é necessária, não só como uma provocação para enxergarmos o que as estatísticas estão apresentando, mas sobretudo para entendermos que os números neste caso representam vidas humanas. Em sua maioria vidas de jovens negros.”

Autor(a): Daniela Ferrugem

Pague com
  • Pagar.me V2
Selos
  • Site Seguro

LETRAMENTO EDITORA E LIVRARIA LTDA - CNPJ: 19.916.663/0001-89 © Todos os direitos reservados. 2021

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade